Posts Home

Ver mais posts...

O Coringa de Joaquin Phoenix

Joaquin Phoenix como Coringa

Nas últimas semanas, a internet veio se enchendo de burburios acerca dos novos filmes anunciados pela DC. Em uma mão, um filme solo do Coringa, com Joaquin Phoenix, contando uma história nunca vista antes no cinema. Na outra, filmes sobre o Coringa e a Arlequina - aquele Coringa do Jared Leto, lá do esquecível Esquadrão Suicida, de 2016.

Embora Esquadrão Suicida seja esquecível, o Coringa de Jared Leto não o é. No ano que se completa os 10 anos da trilogia de Nolan com o Cavaleiro das Trevas - produção que nos apresentou um dos melhores Coringa da história no cinema - o visual e os trejeitos de Heath Ledger ainda permanecem bem frescos e vívidos em nossa memória. O Coringa de Jared Leto, com sua tatuagem na testa em Esquadrão Suicida, não chegou nem aos pés do gigante Heath Ledger. Porém, a DC não larga o osso e segue a produção.

Mas ao mesmo tempo que Leto segue como o Coringa, em paralelo, teremos esse outro filme contando a origem do vilão, numa produção da Warner que levará o selo em desenvolvimento do universo da DC - DC Dark ou DC Black - portanto, não fará parte da continuidade dos filmes já lançados pela DC. Joaquin Phoenix (Gladiador, Maria Madalena, O Mestre) é confirmado como Arthur Fleck, nome real deste homem desdenhado pela sociedade que mais tarde se tornará o Coringa. Martin Scorcese, que foi inicialmente apontado como produtor do longa, não teve seu nome oficializado, e Todd Phillips assina o roteiro ao lado de Scott Silver e dirige a produção.

Aqui, neste lado da história do Coringa, com esse filme totalmente novo e desligado de todos os filmes da DC, a atmosfera de aceitação por parte dos fãs é mais agradável. Esse filme, que promete não "apenas um estudo corajoso de personagem, mas também um conto abrangente", está gerando mais expectativas, com aquela fina camada de animação e positividade entre o público. Um filme mais pé no chão, situado no início dos anos 80.

A primeira foto liberada de Joaquin Phoenix como Arthur Fleck, gerou a primeira onda de animação. Uma onda discreta, porém inegável a sua presença. Ainda sem maquiagem, sem a caracterização do vilão, Joaquin Phoenix sustenta um olhar um tanto psicopático.




A post shared by Todd Phillips (@toddphillips1) on

A partir daí as notícias não pararam de chegar, vazando vídeos de Joaquin Phoenix em suas primeiras cenas no papel.

E pelo Just Jared várias fotos do set com detalhes do visual dos personagens.
Até aqui, podíamos ter apenas algumas ideias de como seria a atmosfera do filme e como Joaquin Phoenix encarnaria Arthur Fleck. A maquiagem e toda a caracterização do vilão era algo para preencher nossa imaginação, entretanto, fotos e vídeos entregando os detalhes não pararam de sair.




A post shared by Todd Phillips (@toddphillips1) on

No post acima, feito por Todd Phillips no Instagram, divulga um teste de câmera de Joaquin Phoenix, revelando a transformação de seu personagem. O vídeo por si só já deixa um leve arrepio pela troca de expressão de Joaquin no final, e com a adição desta música em particular, você sente ainda mais a profundidade do personagem em teste. 

A música Laughing de The Guess Who traz a letra "I should laugh but I cry because your love has passed me by" (Eu deveria rir mas eu choro porque o seu amor passou por mim) que se encaixa perfeitamente com o personagem, além de ser gostosa de se ouvir.


TMZ também divulgou um vídeo trazendo Joaquin Phoenix totalmente caracterizado, com maquiagem e terno colorido, provocando tumulto no metrô, mas, aparentemente, saindo como o herói de Gotham. Na multidão podemos ver cartazes de  "Coringa para prefeito" e "Culpem Wayne".


Em outro vídeo, vemos ainda o ator cair no choro após receber uma notícia numa cabine telefônica (seria sobre a morte de sua mulher?). Logo após, Joaquin é escoltado com um pano preto sobre sua cabeça até um local fechado.


E em outro vídeo, divulgado pelo perfil no Facebook, Joaquin Phoenix: Joker, mostra um pouco mais das gravações.

E novas fotos pelo Just Jared, novamente, mostrando cenas de Joaquin Phoenix com Zazie Beetz.
O filme Coringa tem estreia prevista para 4 de outubro de 2019, ou seja, para daqui um ano, e já temos bastante material sobre o longa. E, provavelmente, enquanto você lê esse texto, já saíram outras tantas imagens.

Porém, nem esses vídeos e fotos já liberados, e nem os que ainda serão liberados futuramente, serão suficientes para tirar aquela dúvida que todos nós temos a respeito do filme. Durante os anos acompanhamos vários filmes da DC com a Warner sendo apresentado com trailers incríveis, levando o hype dos fãs nas alturas e vimos também o mesmo hype despencar após ver o resultado nas telas de cinema. 

A aposta neste filme é grande. Esperamos grandes feitos dessa produção, assim como também esperamos de Aquaman e Shazam!, futuros filmes da DC. Observamos Mulher Maravilha, em 2017, fazer muito bem seu papel e sustentar com firmeza seu nome no hall de filmes da Warner, representando a DC, e esperamos nada menos desses filmes também. Especialmente de Coringa, que traz um personagem tão delicado de se trabalhar e tão cheio de caos, e, indo além, esse filme traz a história de como esse personagem se construiu, mostrando todo o transtorno que há dentro de Arthur Fleck. Não esperamos que Joaquin Phoenix seja o próximo Heath Ledger, apenas que este seja o filme que o personagem merece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário